Na Mídia: Fintechs projetam retorno acima de 10% em investimentos via financiamento coletivo

Via Folha de São Paulo

Coluna: Fernanda Brigatti

O cenário de juros baixos reduz a rentabilidade dos investimentos tradicionais, exigindo maior diversidade nas carteiras para manter os ganhos. É nessa perspectiva de crescimento de modalidades alternativas que as plataformas de crowdfunding imobiliário —os financiamentos coletivos — esperam ganhar espaço e conquistar investidores.

As taxas de rentabilidade são sedutoras. Fala-se com frequência em rendimentos projetados de 14%, 16% e até 18%, sem taxa de administração. O resgate do investimento, na maioria dos casos, é único e ocorre num prazo
que vai de 12 a 36 meses, mas já houve captação fechada com o compromisso de pagamentos semestrais.

Leia o restante da matéria clicando aqui.